O Cremasco Medicina Diagnóstica, realiza este teste molecular in vitro na detecção qualitativa de ácido nucleico viral em amostras clínicas para a avaliação de infecção pelos vírus Zika, Dengue e Chikungunya.

Importância do Diagnóstico

Nos últimos anos as doenças tropicais causadas pelos arbovírus acometem a população brasileira em um nível preocupante.

A dengue tornou-se um problema de saúde pública devido ao grande número de casos da doença, sendo a mais frequente das arboviroses que acomete o ser humano. O Brasil tornou-se o país com mais casos relatados de dengue, ocupando o primeiro lugar no ranking internacional para os casos totais da doença, representando 78% de todos os casos notificados nas Américas e 61% de todos os casos notificados à Organização Mundial de Saúde.

Outra doença tropical, a Chikungunya é uma doença febril aguda transmitida pelo mesmo mosquito transmissor da dengue. A principal manifestação clínica da infecção por Chikungunya são as fortes dores nas articulações, mas os outros sintomas são clinicamente semelhantes aos da dengue – febre de início agudo, dores musculares, cefaleia, náusea e fadiga, por isso a diferenciação entre as duas doenças pela observação clínica não é possível.

O vírus Zika é um arbovírus transmitido também pelo mosquito Aedes aegypti. Frente ao significativo aumento da incidência de síndromes neurológicas e de casos de microcefalias potencialmente relacionados ao patógeno, em fevereiro de 2016, a Organização Mundial da Saúde declarou Estado de Emergência em Saúde Pública Internacional.

Devido à dificuldade em diferenciar essas doenças tropicais por meio de avaliação clínica e métodos tradicionais de laboratório, novas tecnologias vêm sendo desenvolvidas para detecção desses vírus. O diagnóstico assertivo contribui para a escolha de um tratamento adequado para cada doença com o objetivo de tratar o paciente e prevenir a disseminação dos vírus na comunidade.

O diagnóstico molecular possibilita a diferenciação de cada um deles em um único teste, com uma única amostra sem reação cruzada. Com a amostra de plasma, sangue total ou urina é possível realizar o diagnóstico em apenas 2 horas e meia.

Outra característica é que este tipo de diagnóstico é mais sensível, pois detecta a presença do vírus nos primeiros dias da doença, enquanto a técnica sorológica só é aplicada após 7 dias de contaminação.

Dessa forma, o diagnóstico molecular fornece ainda dados sobre os genótipos circulantes no país ou região, ajudando na ativação de medidas públicas de controle em casos de possíveis surtos ou epidemias. E o principal, permite um manejo terapêutico adequado para cada vírus, seguindo as diretrizes nacionais definidas pelo Ministério da Saúde.

Vantagens do Diagnóstico Molecular por PCR em tempo Real
  • Diagnóstico rápido e sensível de Zika, Degue e Chikungunya, principalmente se comparado a outras metodologias;
  • Metodologia confiável para o diagnóstico médico, sem falsos positivos ou negativos;
  • Facilidade na interpretação dos dados;
  • Resultados em até 2h30;
  • Precisão, especificidade e alto desempenho.

Informações: Mobius Life / http://mobiuslife.com.br/zika-dengue-chikungunya/